Ex-Aluna do Vianna é Aprovada em Mestrado da UFJF

A ex-aluna do curso de Direito das Faculdades Integradas Vianna Júnior, Marina Quirino Itaborahy, foi aprovada no programa de Pós Graduação Stricto Sensu (mestrado), da Universidade Federal de Juiz de Fora, em Direito e Inovação.

Marina, que se formou em dezembro de 2020, conta como a faculdade a incentivou desde o início da sua vida acadêmica. “O Vianna Júnior teve uma importância crucial em minha aprovação, pois, foi por meio da minha graduação, que tive contato com o mundo da pesquisa científica, contato esse que se iniciou logo no 1º período da faculdade, por meio da matéria “Linguagens e Interpretações”, lecionada pela professora Rachel Zacarias, que foi uma das figuras fundamentais para meu aprendizado dentro da pesquisa acadêmica. Sempre brinco que ela quem plantou a sementinha da pesquisa em mim”, afirma.

Para Marina, o incentivo da faculdade fez total diferença em seu processo de aprovação. “Ao longo da minha graduação, participei de diversos programas ofertados pela faculdade, como as monitorias, iniciação científica, Jornada Científica, Semana Jurídica e a Semana do DCE, além de ter publicado no jornal da faculdade, bem como na revista Vianna Sapiens. 

Todas essas oportunidades foram essenciais para que eu acumulasse conhecimento quanto à pesquisa científica, o que fez com que o processo seletivo do mestrado não fosse “um bicho de sete cabeças”, porque, de certa forma, já estava habituada a elaborar projetos. Portanto, o desafio foi um pouco mais leve de ser cumprido! Embora ainda tenha sido bem puxado! Mas, sem a bagagem que pude ter através do Vianna, com certeza teria sido mais complicado”, comenta.

Por fim, a nova mestranda em Direito e Inovação da UFJF, deixa um agradecimento especial aos seus antigos professores “Gostaria de agradecer a professora Rachel Zacarias pelo apoio de sempre, ao professor Gustavo Rocha Martins por ter sido um orientador incrível e as professoras da Iniciação Científica, Loren Dutra Franco, Fernanda Maria Reis, Bárbara Elaine Carneiro de Moraes e Marize de Fátima Álvarez Saraiva”, concluiu Marina.